COMIDAS TÍPICAS

COMIDAS TÍPICAS:- No Brasil, as comidas regionais são muito variadas de Estado para Estado…Gostou, ou quer conhecer alguma receita, clique no LINK da mesma OK.

Pratos Típicos

COMIDAS TÍPICAS

Culinária Regional – Pratos Típicos

COMIDAS TÍPICAS

No Brasil, as comidas regionais são muito variadas de Estado para Estado, justamente por sua grande extensão e sua colonização, o que dá uma variedade enorme de ingredientes e sabores.

Esta diversidade está diretamente ligada a origem da população que habita cada estado.

Brigadeiro

Brigadeiro, doce típico do Brasil.

Bolo de Rolo

Bolo de rolo

Assim, no litoral do Nordeste há grande influência africana na culinária, com destaque para o acarajévatapá e molho de pimenta; no Norte há uma maior influência indígena, no uso da mandioca e de peixes; no Sudeste há pratos diversos como o feijão tropeiro e angu ligados aos bandeirantes , em Minas Gerais, e a pizza em São Paulo, influência dos imigrantes; e no Sul do país há forte influência da culinária italiana, em pratos como a polenta e também da culinária alemã. O churrasco é típico do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso do Sul.

COMIDAS TÍPICAS – Centro-Oeste

Pratos considerados bem Mato-Grossenses são: – Maria Izabel (carne seca com arroz ) o Pacu assado com farofa de couve, a carne seca com bananada-terra verde, farofa de banana-da-terra madura além do tradicional churrasco pantaneiro que se desenvolveu pelas longas comitivas de gado no pantanal.

O peixe em Mato Grosso é um alimento farto, considerado como o principal nas áreas ribeirinhas. Ele pode ser comido frito, assado ou ensopado, recheado com farinha de mandioca ou servido com pedaços de mandioca.

Os peixes de mais prestígio nas mesas locais são: o Pacu, a piraputanga, o bagre, o dourado, a cachara, a geripoca, o pacupeva, o pintado, etc.

O povo mato-grossense também aprecia o arroz com pequi, picadinho de carne com quiabo e a carne assada. Para o café da manhã, vale ainda destacar o Bolo de Arroz e o Bolo de Queijo.

Podemos destacar a variedade de doces e licores apreciados pelos mato-grossenses. Temos como os mais famosos o Furrundu (doce feito de mamão e rapadura de cana), o doce de mangaba, o doce de goiaba, o doce de caju em calda, o doce de figo, o doce de abóbora, e outros. Como aperitivo temos o Licor de pequi, Licor de caju, Licor de mangaba, e outros.

COMIDAS TÍPICAS – CENTRO-OESTE

O milho verde é também o ingrediente principal de diversos pratos, como a Pamonha, o Angu e o Curau. Outro prato tradicional de Goiás é o Empadão goiano, uma torta salgada sendo seu recheio composto de ingredientes variados e comuns da região, como o frango, a linguiça suína, o milho verde e outros. São muito apreciados os derivados da carne suína, como a linguiça, o torresmo, a pururuca e a feijoada.

O estado de Mato Grosso do Sul, recebeu muita influência países vizinhos e também indígena. Deste estado pode-se destacar a culinária de influência boliviana (arroz boliviano, saltenha), paraguaia (sopa paraguaia, chipa) e japonesa (sobá, yakisoba).

Também é muito apreciado o macarrão boiadeiro, uma espécie de sopa com pouco caldo.

COMIDAS TÍPICAS – Norte

Os pratos do Norte do Brasil possuem forte influência indígena e portuguesa. Pratos conhecidos incluem:

  • Amaniçoba, popularmente chamada de “feijoada paraense”. Prato feito das folhas da mandioca processada, a “maniva”, e cozidas por 7 dias e carne de porco, como na feijoada;
  • O pato no tucupi, feito de tucupi, pato regional e folhas de jambu acompanhado de arroz branco e farinha d’água;
  • O picadinho de jacaré (prato feito com a carne do jacaré);
  • O pirarucu de casaca, preparado com farofa (feita de farinha d’água, ou farinha de mandioca), azeitonas, ovos e vinagrete com cheiro-verde;
  • Os pratos com peixes, como com “filhote” (piraíba ainda pequena), pescada amarela, bijupirá, tucunaré, entre outros, acompanhados geralmente de arroz branco, farinha d’água e pirão de peixe;
  • O tacacá (caldo quente, servido na cuia e composto por tucupi, camarões secos, jambu e goma);
  • O vatapá paraense, feito a base de pão com camarões secos, caldo de camarão e dendê, diferenciando-se do baiano pela ausência de amendoim, castanha-de-caju, gengibre ou fubá;

Entre os doces e as miudezas, destacam-se:

  • O açaí, servido com farinha de tapioca e açúcar ou acompanhado de carne seca ou camarão seco e farinha d’água;
  • Doces de colher feitos com frutas, como o doce de cupuaçu e o doce de bacuri. Estes geralmente são consumidos acompanhados de queijo, que pode ser queijo-cuia;
  • Nolo de macaxeira;
  • Biscoito de castanha-do-pará;
  • Mingaus, como munguzá, mingau de tapioca, mingau de farinha d’água, mingau de banana, entre outros;
  • Tapioquinha;
  • Biju;
  • Pudins e cremes de açaí ou frutas típicas;
  • Sorvetes de frutas regionais, como os sorvetes da rede Cairu. Um prato muito consumido também e de origem indígena é o Tacacá, feito a base de tucupi e goma, com acréscimo de camarões.

COMIDAS TÍPICAS – Nordeste

Munguzá

Munguzá, iguaria doce muito consumida na região Nordeste.

Pratos característicos da Região Nordeste incluem:- a tapioca, o vatapá, a moqueca (ambos com frutos do mar e azeite-de-dendê), o baião de dois (feito de arroz e feijão, com diversas variedades.

Geralmente incluindo também carne seca, queijo coalho, manteiga da terra ou nata), o acarajé (um bolinho de feijões brancos e cebola fritado no azeite de dendê recheado com camarões, pimenta vermelha.

mugunzá (feito de feijão e milho, sendo doce em algumas áreas e, em outras, salgado, com linguiça),caruru (quiabo e castanhas de caju, camarões, pimenta e alho).

Vatapá

Vatapá

Outras comidas tradicionais são a farofa, a paçoca, a canjica, pamonha, a carne-de-sol, a rapadura, a buchada de bode, o queijo coalho, o siquilho, o alfinim, a panelada, a maria-isabel, o carneiro cozido e a galinha à cabidela. Um bolo originário de Pernambuco, mas que posteriormente espalhou-se pelo país é o bolo de rolo. Feito com farinha de trigo e recheio de goiabada. No Maranhão, desenvolveu-se o cuxá com base em uma erva africana, a vinagreira, recebe ainda o caruru e a língua-de-vaca, outra erva.

Na costa, são comuns os mariscos, e, em toda a região, as frutas tropicais. As mais conhecidas são as mangas, mamões, goiabas, laranjas, maracujás, abacaxis, fruta-do-conde, e cajus (a fruta e a castanha), mas são muito consumidas também frutas menos frequentes, como o cajá, a seriguela, a cajarana, a pitomba e o buriti. O pequi é também comum em algumas partes do Nordeste, como no sul do Ceará, e é usado em comidas regionais. Diversas variedades de doce são comumente produzidas a partir dessas frutas tropicais, assim como mousses e bolos.

COMIDAS TÍPICAS – Sudeste

Pão de Queijo

Pão de queijo com café e uma garrafa de cachaça pequena, os produtos típicos de Minas Gerais.

Espeto de Rojão

O espeto de rojão é originário do município de Ribeirão Grande, região sudoeste do Estado de São Paulo.

Moqueca Capixaba

Uma moqueca capixaba feita em casa.

Caranguejo com molho

Caranguejo com Molho, restaurante do Rio de Janeiro.

Frango à Passarinho

Frango à Passarinho sendo consumido em um restaurante no sul de Minas Gerais.

Em Minas Gerais, famosa pela denominada cozinha mineira, os pratos regionais incluem milho, carne de porco, queijo minas, o pão de queijo, o feijão tropeiro, angu, o tutu à mineira, elaborado a partir uma pasta de feijão cozido misturado com a farinha de mandioca, guarnecido com ovos cozidos ou fritos, e linguiça frita. Além das quitandas, que são biscoitos a base de polvilho, sequilhos, roscas, o famoso pão-de-queijo, e doces à base de laranja-da-terra, abóbora e mamão. Típico de Minas Gerais é a utilização das panelas feitas de pedra-sabão.

No estado de São Paulo uma comida típica é o virado à paulista, o qual é feito com arroz, tutu de feijão (massa de feijão com farinha de mandioca), couve-de-folhas salgada e pedaços de carne de porco. O cuscuz brasileiro, também chamado de cuscuz paulista, Uma das iguarias mais tradicionais da cidade é o pastel. A gastronomia “caipira”, vinda do interior do estado, oferece uma variada gama de pratos que fazem parte da tradição regional, como o Espeto de Rojão.

COMIDAS TÍPICAS

Pastel

Pastel

O prato local principal no Espírito Santo é a moqueca capixaba (a qual inclui principalmente peixe e tomates), diferente do prato baiano apenas no preparo, pois o último receberia azeite-de-dendê e leite de coco. Torta Capixaba.

No Rio de Janeiro, uma das comidas típicas é a feijoada. Preparada com vários tipos de carnes suínas e bovinas, salgadas e embutidos e o feijão preto. Há também o tradicional filé com fritas, e o Picadinho Carioca. Que consiste basicamente em carne bovina cortada em filetes, com molho escuro, acompanhada de arroz branco, banana a milanesa, farofa e um ovo poche. No Rio de Janeiro se consomem peixes cozidos acompanhados de pirão. Conhecido como Peixada à Brasileira, ou ensopado como a Sopa à Leão Veloso, peixes na brasa ou fritos, muito consumidos nas áreas de banhos de mar, e também frango ou galeto assado na brasa. Popularmente é muito consumido o refresco a base de chá mate, servido gelado.

Feijoada

Feijoada com diversos acompanhamentos: arroz, mandioca frita, torresmo, laranja, caipirinha, entre outros.

COMIDAS TÍPICAS – Sul

Chimarrão

O chimarrão

No Rio Grande do Sul já é tradicional o churrasco, ou seja, carne bovina ou ovina, dispostas em espetos. Temperadas basicamente com sal grosso e grelhadas em churrasqueiras, a base de carvão ou lenha.

No estado de Santa Catarina, o interior é de forte influência alemã, e no litoral a presença portuguesa, onde é grande a utilização de peixes marinhos, camarões, e ostras.

A comida tradicional do estado do Paraná é o barreado, carne cozida em panelas de barro. Por vezes colocadas debaixo da terra para cozinharem sob o calor de lenha ou carvão, e comida com farinha de mandioca.

O pinheiro de araucária produz o pinhão, alimento muito presente na cozinha paranaense. É consumido de várias formas: cozido, assado, e pode ser saboreado com sal, açúcar, mel ou melado. No estado são comuns festas tradicionais que envolvem um preparo específico da comida, como o Boi no Rolete, Carneiro no Buraco e o Leitão Maturado.

Os pratos são sempre carregados de muita carne bovina e de vinhos, por conta da grande imigração italiana, que tem forte influência nos pratos. O sul foi habitado por muitos povos, por ser uma região com um clima mais próximo de certos países. Entre esses imigrantes estão os uruguaios, argentinos, açorianos, espanhóis, alemães, italianos, poloneses, ucranianos. Que trouxeram suas comidas e adicionaram uma diversidade a gastronomia local.

COMIDAS TÍPICAS – Bebidas

Caipirinha

Caipirinha, feita somando-se cachaça, açúcar, gelo e limão.

As bebidas alcoólicas indígenas e africanas não eram destiladas, apenas fermentadas.    Havia por sua vez, três principais bebidas consumidas na África: o vinho da palma da palmeira do dendê; uma mistura de sementes, do sorgo e de milhetos amassados; e uma feita de milho. Com a criação da indústria do açúcar, os portugueses criaram também a indústria do álcool no Brasil.

 

Cachaça

Cachaça

As bebidas mais populares eram, por exemplo, a sangria. Mistura de vinho com açúcar e água e os licores de técnica local ou importados da França e de Portugal. A cerveja tornou-se comum no século XIX, mas havia sido introduzida no país desde fins do século XVIII. Havia diversas cervejarias a princípio nas cidades litorâneas, mas depois nas maiores cidades e a Antártica e a Brahma foram fundadas em 1885 e 1888 respectivamente. Era consumida apenas em bares e botequins até a popularização da geladeira.

O café, cafezinho, demorou a se popularizar  sendo consumido a princípio como remédio ou sedativo. Atualmente, o Brasil produz uma grande variedade de vinhos brancos e tintos, além dos sucos de uva. Tem se tornado referência internacional na produção de espumantes.

COMIDAS TÍPICAS – Queijos

Queijo minas frescal

Queijo minas frescal.

Diversos tipos de queijos são produzidos exclusivamente no Brasil. Dentre os principais queijos típicos do país, pode-se citar:

  • Queijo de Colônia ou Colonial: Queijo levemente picante e saboroso, produzido no estado do Rio Grande do Sul. Principalmente no setor da serra gaúcha.
  • Queijo-do-reino: Queijo esférico de superfície vermelha, com alto teor de gordura muito consumido no Sudeste e em algumas áreas do Nordeste do país.
  • Queijo prato: Queijo amarelado, facilmente fatiável, consumido em praticamente todo o território nacional. Muito utilizado em sanduíches.
  • Queijo coalho: Queijo pasteurizado, fabricado no nordeste do país, sendo muito apreciado na forma de espetos assados na brasa. Muito consumido em churrascos nas regiões Nordeste e Sudeste.
  • Queijo Minas: Queijo cru, composto de leite, sal e coalho, normalmente produzido no sul de Minas Gerais. Muito consumido durante o café da manhã.
  • Queijo de Trança: Queijo branco, possui a forma de trança que lhe dá o nome. Tem sabor semelhante ao mussarela e uma textura formada por fios.
  • Requeijão Cremoso: Queijo pastoso, produzido a partir da gordura do leite, usado para acompanhar pães, torradas ou outros pratos.
  • Requeijão do Norte ou Queijo Manteiga: Queijo cozido, amarelado de casca um pouco mais dura. Encontrado no Rio Grande do Norte e no norte de Minas Gerais.   Fonte:- https://pt.wikipedia.org/wiki/Culin%C3%A1ria_do_Brasil




Quer aprender ou se especializar,clique e saiba mais

⇓ ⇓ ⇓ ⇓ ⇓

cursos

Culinários e Vida e Saúde

 

Gostou deste artigo, deixe o seu
comentário,curta a fanpage,
Carlos Freire – Editor
Dê a sua avaliação. Obrigado




Summary
recipe image
Recipe Name
COMIDAS TÍPICAS
Published On
Average Rating
3.51star1star1star1stargray Based on 3 Review(s)

Deixe aqui o seu comentário. Obrigado